Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Conheça melhor os perigos do glaucoma e previna-se

Você sabe como está a sua pressão intra-ocular? Sim, além da pressão arterial, também é importante monitorar os níveis da pressão dos olhos. Quando ela foge do controle, um dos problemas oculares graves que podem se desenvolver é o glaucoma. A doença é caracterizada por danos aos nervos ópticos causados por alta pressão intra-ocular.

Considera-se uma pressão intra-ocular normal como aproximadamente 14 a 16 milímetros de mercúrio (mmHg). Aquelas acima de 20mmHg também podem ser consideradas dentro da normalidade. O perigo surge quando este índice ultrapassa 22mmHg, e merece atenção do médico. O glaucoma pode ser tratado com colírios, com medicamentos de via oral, cirurgia a laser ou uma combinação de alguns desses métodos.

Sintomas

O glaucoma é uma doença que possui uma característica particular: seus sintomas podem se desenvolver com ou sem dor. Obviamente, quando se desenvolve sem dor, os riscos são maiores: o paciente só pode perceber que há algo de errado quando os danos já estiverem em um estágio irreversível.

Com o desenvolver da doença, o paciente vai perdendo gradualmente a visão. É por conta disso que é importante ter um acompanhamento oftalmológico competente, para que a doença possa ser diagnosticada ainda em seus estágios iniciais e, assim, ser completamente curada.

Tendo em mente a importância de consultas regulares ao oftalmologista, é importante se lembrar de quando foi a sua última visita. Marque a sua consulta conosco através do site.