Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Dicas para curtir o carnaval de bem com os olhos

Carnaval é tempo de diversão e festa, mas infelizmente alguns esquecem de curtir com responsabilidade. Já se tornou comum crescerem os casos de alergia, conjuntivite e ceratite no período do carnaval.

As aglomerações em locais fechados, assim como o cansaço e o esgotamento de energia, expõe os foliões a maior produção de cortisol – hormônio que provoca a sensação de visão turva e desfocada. Em meio a tanta festa, o sinal pode ser confundido com o efeito do excesso de bebidas alcóolicas. Além disso, a maior produção de cortisol também diminui a ação das células de defesa na corrente sanguínea, resultando em uma maior vulnerábilidade para alergias, vírus e bactérias atuarem.

Todas elas são doenças passageiras, mas a recorrência pode causar baixa visual permanente, ainda mais quando é utilizado algum tipo de colírio impróprio. Por isso, quando alguns dos sintomas surgirem, como coceira, olhos vermelhos, lacrimejamento, fotofobia ou pálpebras inchadas, procure um oftalmologista. É ele quem deve passar todas as instruções para o tratamento correto.

A dica para evitar problemas como esse durante o carnaval, é manter sempre as mãos limpas, evitar o compartilhamento de maquiagem e utilizar produtos hipoalergênicos. Boas horas de sono, assim como a boa alimentação, também ajuda.

Ficou com dúvida sobre algum termo nesse post? Acesse o nosso glossário oftalmológico.