Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Exame visual pode facilitar o diagnóstico de pacientes com Alzheimer

Um novo método de diagnóstico para pacientes com sinais de Alzheimer foi desenvolvido por cientistas da Universidade de Lancaster, no Reino Unido.

Os cientistas avaliaram 18 pacientes portadores da doença, 25 pacientes com Parkinson, 17 jovens saudáveis e 18 idosos saudáveis. Em um primeiro momento, todos os pacientes foram convidados a acompanhar os movimentos de um feixe de luz na tela de um computador. Depois deste primeiro teste, os cientistas pediram para os pacientes olharem no sentido contrário, como se fugissem dos pontos atingidos pela luz.

Os resultados apontaram que os pacientes diagnosticados com Alzheimer apresentaram dificuldades para fazer a segunda parte do teste e ao terem seus erros apontados não conseguiram corrigi-los. Em contrapartida, acompanharam normalmente o feixe de luz.

Segundo o médico, Trevor Crawford, responsável pelo estudo, o exame de acompanhamento de luz deixa clara a dificuldade dos pacientes com Alzheimer de memorizar o que não estava óbvio, por isso não conseguiram executar corretamente o teste.

Atualmente, os exames para diagnosticar Alzheimer são complexos e muito demorado. Com o novo método descoberto por estes cientistas os pacientes podem ganhar algum tempo no tratamento precoce da doença.