Gosta muito de sal? Sua saúde ocular pode estar em risco

Não é nenhuma novidade para ninguém que o consumo em excesso de sal faz mal à saúde. No entanto, você sabia que o sal também pode prejudicar a saúde ocular? O risco é tanto que pode até ocasionar doenças como catarata. Confira a seguir os efeitos negativos do sal sobre a saúde ocular e como se prevenir de forma saudável.

No resto do corpo, o uso em excesso do sal pode causar hipertensão, arritmia e problemas renais. A hipertensão dilata os vasos sanguíneos e as artérias da retina, o que pode gradualmente fazer com que o paciente perca a visão. Estes danos podem ser detectados com um exame de fundo de olho, o que reforça a importância de consultas regulares ao oftalmologista, para se diagnosticar o problema cedo.

Os efeitos do sal sobre a saúde ocular podem ocasionar a catarata, também, em especial a subcapsular posterior. Este subtipo da catarata afeta o cristalino e deixa o paciente mais sensível à luz (fotofobia). A catarata se desenvolve com facilidade em pacientes que consomem sal em excesso porque o tempero prejudica a manutenção da pressão osmótica nas células do cristalino, deixando-o opaco.

Reeducação alimentar

Um dos métodos mais eficientes para se diminuir consideravelmente o consumo de sal nas refeições é simplesmente tirar o saleiro da mesa. Também é válido reduzir o uso de sal no preparo dos alimentos, o que deve contribuir para um ganho de saúde em geral, não só ocular. Não é preciso fazer nada extremo, como banir completamente o tempero: busque diminuir as doses aos poucos, de forma que o seu apetite não será afetado.

Também é recomendável consultar um nutricionista a respeito da melhor forma de reduzir o consumo diário de sal e de quais maneiras é possível substituí-lo para se ter mais saúde e não prejudicar o paladar.

Lembre-se da importância de um acompanhamento oftalmológico. Marque a sua consulta conosco através do site.