Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo

Estima-se que cerca de 70% da população brasileira possui algum problema de visão. Entre elas, as mais comuns são a Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo.

Veja abaixo qual a diferença de cada uma delas:

MIOPIA:

A Miopia ocorre quando o globo ocular é muito longo, resultando em raios luminosos muito desviados e consequentemente em uma visão turva e desfocada para objetos distantes. Ela pode ser hereditária – os sintomas costumam aparecer ainda na puberdade – porém quanto mais cedo ocorre, mais acentuada é. A Miopia pode ser corrigida com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgia (em casos moderados).

HIPERMETROPIA:

É o resultado de um globo ocular muito curto, onde a imagem é focada atrás da retina, provocando uma visão mais embaçada (que piora ao olhar para objetos mais próximos). A dificuldade para ler ou assistir a filmes, assim como em crianças a falta de interesse por objetos pequenos, são seus principais sintomas. Também pode ser corrigida com o uso de óculos ou lentes de contato, além de existir um tratamento a laser.

ASTIGMATISMO:

No Astigmatismo, o cristalino é incapaz de fazer com que todos os raios sejam focados na retina, fazendo com que a visão seja desfocada. Em casos mais graves, a dificuldade na leitura, e a falta de nitidez de objetos próximos ou distantes, são um dos sintomas. Ele pode ser corrigido também com o uso de óculos ou lentes de contato (em especial as rígidas), dependendo do caso a correção também pode ser feita com cirurgia.