Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Saúde ocular das crianças merece atenção em dobro

saude-ocular-das-criancas copy

Quando foi a última vez que você levou seus filhos ao oftalmologista? Diferente do que se pensa, este hábito precisa existir inclusive para crianças que não usam óculos. Segundo levantamentos dos oftalmologistas, cerca de 7% a 12% das crianças em idade escolar desenvolvem algum problema ocular. Independente da gravidade, este problema pode impactar o desempenho escolar e progredir para estágios mais graves.

A seguir, saiba mais sobre a importância de manter um acompanhamento oftalmológico com as crianças e como detectar sinais de que há algo errado com a saúde ocular delas.

Mudança no comportamento

A criança que está sofrendo de problemas oculares pode não saber disso a princípio. Cabe aos pais e professores ficarem atentos a mudanças no comportamento das crianças, que pode caracterizar alguma dificuldade em enxergar. Estas mudanças incluem:

  • Apatia e desinteresse nas aulas
  • Perda fácil de concentração
  • Fica muito próxima do caderno e dos livros para ler
  • Possui dificuldades para copiar o conteúdo da lousa

Os pais precisam ficar em pleno contato com os professores, com o objetivo de poder agir caso apareçam estes sinais.

Acompanhamento médico

Independente da idade, é importante ser regular nas consultas oftalmológicas. Certas doenças oculares graves, como glaucoma e catarata, são completamente curáveis se diagnosticadas cedo. Quando foi a última vez que você levou o seu filho ao oftalmologista?

Melhore a frequência das suas visitas ao oftalmologista: você pode marcar uma consulta conosco através do site.