Tabaco e a saúde do seus olhos

Que o tabaco faz mal a saúde, já não é novidade pra ninguém. Estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) estimam que cerca de 16% da população brasileira é fumante, e 35% das mortes (26% homens e 9% mulheres) em países desenvolvidos podem ser atribuídas ao tabagismo.

Porém, muitos não sabem que doenças oculares podem ser agravadas pelo uso do cigarro – estudos revelam que no caso de um idoso fumante, as chances de ficar cego chegam a quadruplicar. O fumo aumenta o risco de desenvolver catarataglaucoma e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), além de contribuir para o infarto e outras doenças vasculares e respiratórias, o que já se torna um fator agravante para doenças oculares.

A retina também é diretamente afetada, o fumo aumenta sua oxidação e favorece no processo degenerativo da mácula – região central da retina. Como a retina tem origem no tecido nervoso, e a regeneração de suas células é mais lenta e difícil, determinadas alterações podem levar a cegueira, e favorecer no surgimento de anormais vasos sanguíneos sob a região.

VEJA 10 HÁBITOS PARA UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL.

A conscientização dos malefícios do tabaco para a saúde ocular é extremamente importante, leve esse assunto adiante e busque uma vida mais saudável. Pessoas expostas a fumaça também são prejudicadas, ainda mais usuários de lentes de contato: quadros de síndrome do olho seco e alergias oculares podem ser agravadas, com sintomas como irritação dos olhos, vermelhidão, coceira e lacrimejamento.

Ficou com dúvida sobre algum termo nesse post? Acesse o nosso glossário oftalmológico.