Central de atendimento: (13) 2104-5000 | Chat

Viseira: uma proteção essencial aos olhos

A viseira constitui-se em item de segurança de primeira necessidade no trânsito, assim como o cinto de segurança e o capacete. Sem ela, aumentam consideravelmente as chances de lesões oculares. A Abramet – Associação Brasileira de Medicina para o Trânsito, afirma que a falta da viseira ou óculos de proteção nos olhos ao dirigir causa outros problemas, como ressecamento da córnea, perfuração do olho por pedras, ciscos e insetos, além de infecções graves na retina.

É importante ressaltar que a boa qualidade da visão é fundamental para o condutor de veículos, quaisquer que sejam eles. Se um celular é capaz de distrair um motorista e provocar um acidente, o mesmo ocorre com um cisco ou inseto que adentre os olhos, enquanto o motociclista dirige. É um risco muito grande, pelo qual nenhum motociclista deve passar.

Usar a proteção para os olhos parece medida simples, mas, na prática, não é assim que acontece. Basta um olhar mais atento aos motociclistas no trânsito para verificar que grande parte deles está sempre com a viseira levantada, ou seja, com os olhos desprotegidos.

Modelos de capacetes:

modelos de capacetes com viseira e outros sem o acessório. Estes últimos devem ser complementados com óculos de proteção, que devem ser usados juntamente com os óculos de grau ou de sol. Para o período noturno, há ainda um outro cuidado: as viseiras devem ser no padrão cristal. Viseiras escuras só durante o dia, a fim de não comprometer a visão do motociclista.

Multa:

A multa prevista no Código de Trânsito Brasileiro, é no valor de R$ 191,54, mais a suspensão do direito de dirigir e o recolhimento do documento de habilitação, o motociclista que fizer uso da viseira ou do óculos de proteção estará preservando seus olhos e evitando lesões graves, tanto internas quanto externas, que poderão trazer consequências irreversíveis.